sexta-feira, 8 de março de 2013

Goleiro Bruno é condenado a 22 anos e 3 meses de prisão


Goleiro Bruno é condenado a 22 anos e 3 meses de prisão
O ex-goleiro do Flamengo Bruno foi condenado a 22 anos e 3 meses de prisão, pelo mando e assassinato de Eliza Samúdio. A data da condenação coincide com o Dia Internacional da Mulher, nesta sexta-feira 8 de março. De acordo com o advogado de defesa, Lúcio Adolfo, ele deverá cumprir cinco anos em regime fechado do total da pena prevista.

Bruno Fernandes de Souza, 28 anos, foi condenado por homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, meio cruel e recurso que impossibilitou chances de defesa à vítima), somado a sequestro, cárcere privado e ocultação de cadáver. Um dos promotores de justiça chegou a perguntar a Bruno se ele sabia que Eliza seria morta, ao passo que ele confirmou:

"Sabia e imaginava. Pelas brigas constantes, pelo fato de eu ter entregado ao Macarrão o dinheiro"

De acordo com a promotoria, o crime ocorreu porque Bruno recusava-se a pagar pensão para a ex-amante, em 10 de junho de 2010, em Vespasiano-MG. O Júri, formado por cinco homens e duas mulheres absolveu a ex-mulher do jogador, a ré Dayane Rodrigues.

Resumo Geral
Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário