sábado, 16 de março de 2013

Homem estupra idoso em praça e afirma: “Era meu avô”; VEJA!

Homem estupra idodo em praça e afirma: “Era meu avô”; VEJA!
Para evitar ser preso, Márcio Pereira da Silva, de 26 anos, acusado de estuprar um idoso de 64 anos na madrugada desta sexta-feira (15) em uma praça pública da QE 40 do Guará, região administrativa do DF, contou aos policiais que a vítima, na verdade, se tratava do seu avô. A justificativa, porém, não convenceu os militares, que o prenderam em flagrante.

O homem foi localizado porque moradores da região ouviram gritos de ajuda da vítima por volta das 2h e avisaram a PMDF (Polícia Militar do DF).

Quando os militares chegaram, o idoso contou que tinha sido violentado pelo homem, que teria usado uma faca de cozinha para ameaçá-lo.

Silva é ex-presidiário e respondia por furto. Quando percebeu que seria preso, tentou fugir e chegou a escalar um prédio da região, mas foi detido pelos militares.

Neste momento, o rapaz tentou esfaquear os policiais, que precisaram atirar para conter o criminoso.

O disparo acertou o chão e estilhaços da bala atingiram a perna de Márcio, que foi detido e levado para a 4ª DP (Guará), onde a ocorrência está registrada.

A vítima, que apresentava sinais de embriaguez, foi levada ao IML (Instituto Médico Legal) para fazer exames de corpo de delito. Os resultados comprovaram o estupro.

Em seguida, o senhor foi levado para o Hmib (Hospital Materno Infantil de Brasília), devido à idade avançada, conforme explicou a polícia, para receber a medicação necessária.

Agora, o Silva vai responder por estupro e tentativa de homicídio. Se condenado, poderá pegar até 20 anos de prisão.
 
Resumo Geral
Fonte: R7 

Nenhum comentário:

Postar um comentário