terça-feira, 9 de abril de 2013

Fábrica de fogos clandestina explode e mata pai e filha na Paraíba



DSC05137Uma fábrica clandestina de fogos de artifícios, localizada no município de Belém, Brejo da Paraíba, explodiu na manhã de hoje (9), de abril. A explosão matou pai e filha, moradores do sítio Aldeia, local do incidente.
Os pedaços dos dois corpos foram jogados ao redor da casa onde funcionava a pequena fábrica.
O local foi isolado pela Polícia Civil e os policiais do Corpo de Bombeiros estão fazendo o trabalho de resgate.
De acordo com as informações colhidas no local, Antonio Lopes da Silva, 37 anos, e Marília Macena Lopes dos Santos, 19 anos, morreram com a explosão.
O que poderia ter provocado a explosão foi o fato de uma das vítimas ter entrado no local onde os fogos eram armazenados com uma lamparina a gás.
Há pedaços de corpos por todo o local. “Os corpos foram vaporizados”, disse o comandante da guarnição do corpo de bombeiros.

Resumo Geral
Fonte: PortalMídia

Nenhum comentário:

Postar um comentário