quinta-feira, 23 de maio de 2013

Mulher cansada de ser agredida se vinga do Marido jogando água quente nas partes intimas dele. Foto

Mulher cansada de ser agredida se vinga do Marido jogando água quente nas partes intimas dele. Foto
Uma técnica de enfermagem esperou o marido dormir e atirou água quente nas partes íntimas dele na Baixada Fluminense. Ciro Fernandes, de 32 anos, foi internado no Hospital do Andaraí com queimaduras de segundo grau no abdômen, braço esquerdo e região genital.

Alice Gomes Leite confessou a ação em depoimento na Delegacia de Piabetá (66ª DP) e foi liberada em seguida. Ela alegou que tomou a atitude em “legítima defesa”, já que costumava ser agredida pelo marido.

O delegado informou que marido e mulher vão responder por lesão corporal com violência doméstica, com pena prevista de três meses a três anos. No caso dela, a sentença pode ser agravada de acordo com a extensão da gravidade dos ferimentos do marido.

Ciro Fernandes, que teve 17% do corpo queimado, deve passar por uma cirurgia para enxerto. A mãe, Nádia Maria Fernandes, conta que o rapaz sente muita dor no hospital.

— Ele sente muito quando tem que tomar banho e trocar o curativo. Precisa tomar remédio para ser sedado. Quando eu o encontrei [no dia da queimadura], ele estava com um lençol por cima do corpo e falou: ‘Olha o que a Alice fez comigo, mãe’. Quando olhei, estava nu com a pele saindo.
 
Resumo Geral
Fonte: R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário