sábado, 3 de agosto de 2013

BOMBA: Dono da Priples e sua esposa foram presos


Foram presos na manhã deste sábado (3/08/2013) Henrique Maciel Carmo de Lima e sua esposa. Ambos foram detidos em sua residência em Jaboatão dos Guararapes. A polícia também apreendeu cerca de U$ 300.000 no local. Os detalhes sobre a investigação serão fornecidos na próxima Segunda (5/8/2013).

A Priples é investigada por suspeitas de esquema pirâmide financeira e crime contra a economia popular. A empresa promete lucros de 60% ao mês sobre o valor do seu investimento. Os divulgadores da Priples eram remunerados por responder perguntas sobre conhecimentos gerais, e as respostas nem sequer precisavam estar corretas. O simples ato de responder perguntas não é uma atividade que gere receita, sendo assim, o dinheiro da empresa vinha obrigatoriamente do cadastramento de novos divulgadores. 

A polícia tinha recebido muitas queixas por atrasos de pagamentos e da dificuldade dos usuários em localizarem o endereço da sede da empresa.

TelexFree, Blackdever e BBOM bloqueadas pela Justiça. Agora é a vez da Priples passar por um momento constrangedor em que seu Presidente é preso pela Polícia. Este mês de Agosto promete diversas outras apreensões contra outras empresas suspeitas de pirâmide financeira. São elas: NNEX, MutiClick, MutiLike e Winner Manager. Os divulgadores destas empresas estão relatando atrasos nos pagamentos, falta de suporte e também o modelo de negócios que elas desenvolvem é alvo de muitas críticas e suspeitas. 

Infelizmente para as pessoas que estão envolvidas com todas estas empresas as próximas semanas prometem notícias extremamente desagradáveis. Provavelmente, todas essas empresas serão liquidadas e obrigadas a devolver aos divulgadores o valor que investiram. Não é possível saber se todos serão ressarcidos e nem em quanto tempo isto irá acontecer. 

Aos "pripleiros" só resta aguardar por maiores informações sobre as investigações. Dificilmente a empresa conseguirá se safar desta vez. 
Resumo Geral
Fonte; Diário de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário