terça-feira, 6 de agosto de 2013

Homem assassina mulher a facadas e marteladas, toma veneno e se mata


Homem assassina mulher a facadas e marteladas, toma veneno e se mata
José Severino e Rita viviam no assentamento Vila Nova I, a 20 quilômetros de Baraúna (Foto: Marcelino Neto)

Um agricultor, morador da cidade de Baraúna, na região Oeste do Rio Grande do Norte, matou a própria mulher a golpes de faca e marteladas no final da tarde desta segunda-feira (5) e depois se matou. 

Segundo a Polícia Militar, José Severino Filho, de 47 anos, teria tido uma crise de ciúmes. Depois de assassinar a mulher, identificada como Rita Aniele Holanda, de 31 anos, o agricultor tomou veneno e ainda tentou se esfaquear. Ele foi socorrido, mas morreu a caminho do hospital.

José Severino e Rita viviam no assentamento Vila Nova I, a 20 quilômetros de Baraúna, na área da da antiga Maísa. A polícia confirmou que o agricultor era natural da própria cidade. A mulher dele nasceu em Itaú, município que também fica no Oeste potiguar. Eles viviam juntos há quatro anos.
Ainda de acordo com a PM, Rita havia procurado a sogra pela manhã dizendo que estava assustada com o comportamento do companheiro. Há informações de que Severino também havia dito a um conhecido que estava sendo traído pela companheira. “Ela teria dito que estava com medo de ser morta, mas não falou sobre a motivação. A mulher foi aconselhada a retornar para casa e, em caso de ameaças, chamar a sogra. Mas não houve tempo e Rita foi assassinada dentro do quarto do casal”, revelou o delegado Ricardo Adriano. 

Uma guarnição de Rádio Patrulha da Maísa foi acionada. Quando a polícia chegou ao local, encontrou Severino ferido e com as armas do crime nas mãos. Os militares.

Resumo Geral
Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário