quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Elemento com medo de ser preso em assalto, "defeca" nas calças durante perseguição feita pela Polícia; Veja foto

Elemento com medo de ser preso em assalto,
 
Um jovem acusado de assalto protagonizou uma cena inusitada na tarde desta quarta no centro de Juazeiro do Norte. José Júnior dos Santos da Silva, de 18 anos, urinou e defecou nas calças ao ver varias pistolas .40 apontadas na sua direção por policiais militares após perseguição.

Ele teria praticado um assalto no cruzamento das ruas Padre Cícero e Padre Pedro Ribeiro na companhia do seu irmão Rafael Oliveira da Silva, de 20 anos, igualmente morador da Rua 22 de Julho (Pio XII) em Juazeiro.

Após tomar aparelhos celulares e relógios de algumas vítimas, a dupla empreendeu fuga pela Rua Carlos Gomes em uma moto Honda Fan de cor preta e placa HYI-0134, inscrição do Ceará. A polícia foi avisada por uma pessoa que passava no local e entrou em contato com a CIOPS (Coordenadoria Integrada de Operações Policiais e Segurança) a qual acionou a viatura do Ronda do Quarteirão da área e esta teve o apoio de duas equipes da FTA (Força Tática de Apoio).

A perseguição se deu por algumas das mais movimentadas artérias do centro comercial de Juazeiro esvaziadas em virtude do feriado de Natal, terminando na Rua São Pedro em frente à agência do Banco do Nordeste.

Motoristas que passavam nestes locais ficaram assustados com àquela operação semelhante a filmes de ação e muitos pararam, enquanto populares trataram de se proteger sem perderem a oportunidade de monitorar o trabalho policial.


Com amas em punho, os PMs renderam Junior e Rafael e os levaram à 20ª Delegacia Regional de Polícia Civil, onde foram reconhecidos pelas vítimas que recuperaram seus pertences. A dupla não estava armada e praticava assaltos ameaçando sacar uma suposta arma e dando gritos de ordem.

O escrivão Gledson Bezerra, conduziu Junior ao banheiro para ele terminar de fazer o “serviço” e tomar um banho a fim de ser autuado em flagrante após o susto. Detentos que estavam na carceragem já tinham dito que não iriam aceitar o mesmo no cárcere exalando o mau cheiro de fezes e urina.
 
Resumo Geral
Com miseria

Nenhum comentário:

Postar um comentário