segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Médico brasileiro formado no Paraguai, é preso acusado de ser chefe de tráfico de drogas; Confira

Médico brasileiro formado no Paraguai, é preso acusado de ser chefe de tráfico de drogas; ConfiraUm médico brasileiro formado no Paraguai, inscrito no programa “Mais Médicos”, do Ministério da Saúde, foi preso neste sábado pela Polícia Civil do DF acusado de chefiar um esquema de tráfico de drogas.

A polícia apreendeu uma tonelada de maconha na rodovia BR-060, e a Coordenação de Repressão às Drogas (Cord), que investiga o caso, apurou que esse suposto médicoseria dono da droga.

A identidade dele deverá ser revelada em coletiva, ainda hoje.  A polícia também apreendeu uma armaem sua casa dele, no Jardim Ingá, cidade do Entorno do Distrito Federal.

A maconha saiu de Campo Grande (MS) e seria vendida de forma pulverizada, por “pequenos traficantes”, na cidade do Gama e em regiões do Entorno do DF.

A caminhonete que trazia o carregamento foi encontrada pelos policiais  em Guapó (GO), com oeixo quebrado, em razão do peso do carregamento, mas sem qualquer pessoa por perto. Com o veículo sem condições de trafegar, o motorista fugiu ou havia saído para buscar socorro.

O médico preso, nascido em Mato Grosso do Sul, segundo a polícia, pagou pela maconha para revendê-la no DF e Entorno. Ao ser encontrado pela polícia na residência, ele mesmo se identificou com médico candidato ao programa “Mais Médicos”.

Ele tinha uma pistola 9mm e farta munição. Um cúmplice foi preso na Cidade Ocidental e também estava armado: tinha uma pistola .380.
 
Resumo Geral

Nenhum comentário:

Postar um comentário