terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Prorrogado prazo para novo extintor de incêndio


O adiamento de 90 dias deve ser contado após a publicação de uma nova resolução




O ministro das Cidades, Gilberto Kassab, juntamente com Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), informou nesta segunda, 5, que a obrigatoriedade do uso de extintor de incêndio veicular com carga ABC foi adiada em 90 dias.

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) tornou obrigatório, por meio de uma resolução, o uso desse tipo de extintor, desde 1º de janeiro. A exigência provocou uma corrida às lojas, e muitos motoristas relataram dificuldades em encontrar o produto.

O preço do extintor ABC varia entre R$ 60 e R$ 100. Além de apagar fogo em materiais elétricos energizados e combustíveis líquidos, já incluídos na categoria BC, a nova categoria obrigatória apaga também fogo em sólidos, como incêndio em pneus, estofamentos, tapetes e revestimentos.

Desde 2005, os carros novos produzidos no Brasil saem de fábrica já com o extintor recomendado.

Resumo Geral

Nenhum comentário:

Postar um comentário