sábado, 5 de setembro de 2015

Bandidos são mortos após sequestro de vereadores de Nova Cruz


armas



 
 
 


 



 






















Um sequestro-relâmpago terminou com dois criminosos mortos após uma troca de tiros na madrugada desta sexta-feira (4),  em Piquiri, Distrito de Canguaretama, na região Agreste do estado. Segundo o coronel Tavares, comandante da Polícia Militar na região, as vítimas dos bandidos foram dois vereadores e um secretário da cidade de Nova Cruz: os vereadores José Evaldo Barbosa, o Valdo Salú; e Edson Costa Moreira, conhecido como Edson de Manga Rosa; além do pai deste último, Antônio Moreira, o Manga Rosa, que é secretário de agricultura do município. Os bandidos chegaram a pedir R$ 5 mil para liberar os reféns.

De acordo com o coronel Tavares, o caso aconteceu na comunidade de Piquiri, distrito de Canguaretama. “Eles (vítimas) voltavam de Natal quando, na entrada da cidade de Brejinho, foram trancados pelo carro em que estavam os criminosos. Eles renderam os vereadores e começaram a rodar pelas cidades da região com as vítimas”, contou o comandante da PM de Nova Cruz. “Na sequência, eles entraram em contato com familiares e pediram R$ 5 mil de resgate. A família levantou o dinheiro e fomos até o local onde ficou combinado o pagamento”, disse.

Ainda segundo o coronel, uma viatura que fazia o policiamento na região localizou o carro em que estavam os criminosos e os três reféns. “Com essa informação, fomos até o local indicado e ao chegar, os criminosos já desceram do veículo atirando. Houve uma troca de tiros e dois deles foram baleados”, explicou. Os bandidos feridos levados para o Hospital de Canguaretama, mas não resistiram aos ferimentos e morreram no local. O terceiro membro do grupo conseguiu fugir.

Resumo Geral
Fotos: Redes Sociais

Nenhum comentário:

Postar um comentário