terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Empresário que matou esposa fisiculturista usava barba e cabelos grandes


 
A Polícia Civil do Estado de São Paulo, através do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC), prendeu nesta segunda-feira (30), Alexandre Furtado Paes, de 41 anos, acusado pelo homicídio de sua esposa, a fisiculturista Fabiana Caggiano Paes, de 36 anos.

fisiculturista 



















O crime aconteceu em Natal, em dezembro de 2012, quando o Alexandre teria estrangulado Fabiana, que veio a óbito após passar cinco dias internada na UTI, em decorrência da asfixia. Alexandre é investigado, desde então, pelo crime de homicídio qualificado e encontrava-se foragido desde janeiro de 2013.

De acordo com informações preliminares divulgadas pela Comunicação Social da Polícia Civil de São Paulo, Alexandre foi preso por integrantes da chefia do Grupo Armado de Repressão e Roubos (GARRA) na região de Ibiúna, no interior de São Paulo, onde estava trabalhando disfarçado como pedreiro, usando barba e cabelos grandes.

Na ocasião do crime o delegado da Polícia Civil do Rio Grande do Norte responsável pelo caso, Frank Albuquerque, pediu a justiça do RN a prisão preventiva do acusado.

Resumo Geral
Com 190Rn

Nenhum comentário:

Postar um comentário