terça-feira, 29 de novembro de 2016

Família confirma morte de Gil, da Chapecoense: 'Deus nos conforte'


Potiguar, volante Gil está entre os mortos do acidente aéreo na Colômbia.
Avião com o time brasileiro caiu na madrugada desta terça-feira (29).


Potiguar, Gil era volante da equipe da Chapecoense  (Foto:  Laion Espíndula) 
Potiguar, Gil era volante da equipe da Chapecoense (Foto: Laion Espíndula)

“Quando vem de Deus, só podemos nos conformar. Deus nos conforte”. As palavras vêm de um dos irmãos do volante Gil, da Chapecoense, um dos mortos na madrugada desta terça-feira (29) na queda do avião da LaMia, na Colômbia. Toda a família do jogador mora na cidade de Nova Cruz, na região Agreste potiguar.

Uma pessoa foi socorrida ainda com vida após o acidente, mas morreu a caminho do hospital. Essa pessoa foi justamente o Gil. A última vez que ele esteve em casa, conosco, foi em dezembro, nas férias dele. Estávamos todos esperando que ele passasse o fim de ano com a gente novamente, só que desta vez campeão da Sulamericana. Mas, quando vem de Deus, só podemos nos conformar. Deus nos conforte”, disse José Obdiedson Alves.
Ainda segundo o irmão de Gil, os pais do jogador receberam a notícia da queda do avião ainda na madrugada. Já pela manhã, precisaram ser medicados e foram levados para um hospital da cidade. “Estamos todos arrasados”, concluiu.
Um dos irmãos de Gil é o ex-jogador Geraldo Madureira, que defendeu o ABC de Natal.

Resumo Geral
Com G1 Rn

Nenhum comentário:

Postar um comentário