sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Vigia coloca fogo e mata 5 crianças em uma creche de MG


Segundo o Corpo de Bombeiros de Janaúba, há cerca de 40 feridos; governador Fernando Pimentel (PT) cria força especial de socorro e anuncia ida à cidade

Incêndio atinge creche de Janaúba em Minas Gerais

Pelo menos cinco crianças morreram queimadas na manhã desta quinta-feira em uma creche na cidade de Janaúba, norte de Minas Gerais (560 km de Belo Horizonte). Segundo a Polícia Militar, Damião Soares dos Santos, um vigia da escola ateou fogo às crianças e, em seguida, ao seu corpo. De acordo com o Corpo de Bombeiros de Janaúba, o homem foi encaminhado ao hospital às 9h:40 com queimaduras graves em todo o corpo e morreu pela tarde. Há ainda 40 feridos, nove em estado grave.

O porteiro da escola teria problemas mentais, segundo a polícia. Cerca de 50 alunos estavam no recreio no Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente, no bairro Rio Novo.

Em nota, o governo estadual diz que o governador Fernando Pimentel (PT), “tão logo tomou ciência da tragédia (…) determinou de imediato a mobilização de todas as forças de saúde pública e de segurança do estado – Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil – nas operações de resgate e salvamento”.

De acordo com o governo, um posto de comando emergencial foi instalado no local para “alinhar todos os esforços dos órgãos públicos envolvidos”. O governador decretou luto oficial de três dias e deve chegar ao local na tarde desta quinta-feira.
A Secretaria de Estado de Saúde e a Fundação Hospitalar de Minas Gerais, que coordena a rede hospitalar do estado, montaram uma operação especial para receber as vítimas, tanto em hospitais próximos – vários feridos estão sendo levados a Montes Claros, maior cidade da região, a 136 km de Janaúba -, quanto no Hospital João 23, em Belo Horizonte, se for preciso. “Toda a estrutura necessária, o que inclui aeronaves, veículos e demais equipamentos públicos, também foi colocada à disposição”, diz a nota do governo.

Em uma nota de pesar publicada no página da cidade no Facebook, o prefeito de Janaúba, Carlos Isaildon Mendes (PSDB), decretou luto oficial de sete dias “em solidariedade à todas as famílias envolvidas no triste acontecimento”.  Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, as vítimas e suas famílias estão recebendo todo o amparo necessário, bem como assistência médica e psicológica.

Segundo informações divulgadas pela prefeitura de Janaúba, um ônibus será disponibilizado para levar doadores de sangue do município até o Hemocentro Regional, em Montes Claros.

Presidente

Em sua conta no Twitter, o presidente Michel Temer (PMDB) mostrou consternação pelo ocorrido. “Lamento imensamente essa tragédia com as crianças em Janaúba (MG). Quero expressar a minha solidariedade às famílias”, escreveu. “Eu, que sou pai, imagino que esta deve ser uma perda muitíssimo dolorosa. Esperamos que essas coisas não se repitam no Brasil.”


Resumo Geral
com Veja.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário